Economize suas finanças evitando erros comuns

Economize suas finanças evitando erros comuns

02/11/2020 0 Por Blogs

Finanças, é fácil cometer erros quando você não está prestando muita atenção ao seu planejamento financeiro e alguns erros custam mais caro do que outros. Aqui está uma olhada em alguns dos erros financeiros comuns e como evitá-los.

Não ter orçamento

Um orçamento é a sua ferramenta de finanças pessoais mais importante: é um plano de gastos baseado em uma lista de despesas contra sua receita, o que ajuda a evitar gastos excessivos e endividamento. Um orçamento dá a você controle sobre seu fluxo de caixa, tornando mais fácil guardar dinheiro para um fundo de emergência ou outras metas financeiras de longo prazo, como comprar uma casa. Ao seguir um orçamento, você saldará dívidas mais rapidamente, evitará o estresse de despesas desconhecidas e será capaz de fazer alarde sem culpa.

Não pagar a fatura do cartão de crédito em dia 

Pagamentos perdidos ou atrasados ​​com cartão de crédito podem resultar em taxas de juros ainda mais altas, taxas de atraso ou até mesmo a perda do seu cartão de crédito. Pagamentos perdidos também prejudicam sua pontuação de crédito, o que é crucial para garantir empréstimos ou cartões de crédito, especialmente aqueles com taxas de juros mais baixas ( 35% de sua pontuação é determinada pelo seu histórico de pagamentos). Sua pontuação de crédito também é usada por proprietários, empregadores e seguradoras para determinar sua confiabilidade. Economize muito e automatize seus pagamentos.

Não conseguindo seguro 

A pedra angular do planejamento financeiro é minimizar o risco, e isso inclui proteger os ativos que você já possui. Felizmente, com o seguro, você não precisa se preocupar com eventos inesperados ou desastres naturais que danifiquem ou destruam sua propriedade ou afetem seus ganhos futuros. Muitas pessoas não fazem um seguro para economizar dinheiro. No entanto, ignorar o seguro é uma ideia terrível. Um carro roubado, queimado, propriedade roubada ou uma deficiência vitalícia pode ser muito mais caro do que os custos mensais menores de seus prêmios de seguro.

Não contabilizando despesas não mensais 

As despesas regulares mensais e diárias são fáceis de rastrear a conta de telefone, os pagamentos do aluguel e do carro são programados regularmente e são difíceis de perder, especialmente se você se cadastrou essas dividas como pagamento automático. Por outro lado os aniversários de amigos e parentes, os feriados, férias podem recair sobre você e colocá-lo em dívida. Ao fazer o orçamento, analise suas despesas anteriores e liste todas as despesas recorrentes que têm intervalos irregulares, como trimestrais ou anuais, e incorpore-as ao seu orçamento.

Usando fundos de aposentadoria para pagar dívidas

As economias para aposentadoria são normalmente protegidas em caso de falência, mas perdem essas proteções se já forem retiradas. E há penalidades para retirada antecipada. Retirando o dinheiro a partir de um de uma certo período de tempo. Nesse caso, é fornecido com uma penalidade de 10% por exemplo, ou tem que pagar impostos sobre o que você retirar, e o IR retém impostos daquela soma automaticamente com base em seu suporte de imposto atual (normalmente sua taxa de imposto é menor quando você parar de trabalhar e se aposentar). E o mais importante, você também perde os juros compostos de seu investimento de longo prazo, o que limita severamente quanto dinheiro você poderá sacar quando se aposentar. Portanto, faça o que fizer, não retire suas economias de aposentadoria sem primeiro buscar o alívio da dívida.

Mostre seu Sentimento
+1
472
+1
580
+1
199
+1
1.3k
+1
598
+1
5
+1
8

Compartilhe nosso post.