O Blog mais Nasocial do momento!

Conheça os alimentos que ajudam no fortalecimentos dos seus dentes

1

Diversos fatores podem influenciar na qualidade da sua saúde bucal, sendo um desses aspectos a alimentação, podendo interferir positivamente ou negativamente. Por esse motivo, no decorrer deste artigo você poderá visualizar os alimentos que ajudam no fortalecimento dos dentes. 

Posteriormente, falaremos também das restrições alimentares, bem como quais nutrientes contribuem na recuperação de quem está passando ou passará por procedimentos odontológicos. Confira!

Água

A água é um elemento indispensável para todas as vidas e, além de todos os benefícios que ela proporciona para a saúde (como hidratação e eliminação de substâncias nocivas), ela também pode fortalecer os dentes.

Um ponto importante para o fortalecimento dos dentes é a salivação, que proporciona a limpeza natural dos dentes, eliminando restos de alimentos e regulando o pH da mucosa.

Para que o organismo produza a saliva, é fundamental que a boca esteja hidratada e, por isso, é indispensável que as pessoas consumam esse elemento diariamente e na quantidade indicada – o que geralmente é descrito como 2L diariamente.

Inclusive, para além da estrutura bucal, o quanto custa lente de contato dental, se mostra mais vantajoso, visto que a durabilidade dos procedimentos é prolongada e a qualidade ampliada com a hidratação correta.

Fontes de vitamina C

Alimentos que contém vitamina C em sua composição também podem ser uma ótima forma de nutrir e fortalecer a dentição. 

Essa vitamina ajuda a melhorar a imunização – reduzindo os riscos de inflamações – e são antioxidantes, fortalecendo, principalmente, as gengivas.

No entanto, alguns dos principais alimentos que são ricos em vitamina C, como a laranja, devem ser consumidos de forma moderada, pois também são ácidos – podendo comprometer a estrutura dental, por meio de erosões, ou tornar a mucosa um ambiente propício para bactérias.

Outros alimentos ricos nesta vitamina e que podem ser incluídos na rotina de alimentação são:

  • Morango;
  • Acerola;
  • Goiaba;
  • Tomate;
  • Cenoura.

Chiclete sem açúcar 

Você provavelmente já ouviu falar que chicletes, balas e pirulitos são péssimos alimentos para os dentes. 

De um modo geral, isso realmente é verdade. Afinal, o consumo excessivo desses alimentos açucarados podem trazer sérios prejuízos ao longo da vida por auxiliarem na fermentação das bactérias.

Inclusive, em casos graves, podem apodrecer os dentes de modo que seja necessário recorrer a procedimentos como o implante dentário para recuperar uma estrutura que pode ter sido perdida ou demandado extração.

Entretanto, isso acontece mais facilmente quando as pessoas consomem esses alimentos com açúcar e de forma exagerada, principais fatores para esses problemas.

Deste modo, o chiclete sem açúcar pode ser um importante aliado para a saúde bucal, pois, além de estimular a salivação, ajuda na luta contra o mau hálito.

Peixes

Alguns peixes como salmão, sardinha e atum são fontes de vitamina D, vitaminas que ajudam na absorção de cálcio e ferro nos dentes, fortalecendo-os.

Além disso, esse elemento é uma das principais substâncias que atuam na formação e reforço dos dentes, mantendo-os bonitos e saudáveis. Inclusive, podendo contribuir para a qualidade de tratamentos como aparelho dental invisivel.

Leite

O leite e seus derivados também são fontes cruciais para a reposição e absorção de cálcio. Esse é um mineral fundamental para o fortalecimento da estrutura dentária, compondo a principal camada de proteção da estrutura, conhecida como esmalte dentário.

Existem ainda outros alimentos que podem ser consumidos no dia a dia, sem exagerar, para melhorar ainda mais a saúde bucal, tais como:

  • Verduras escuras;
  • Castanhas;
  • Alimentos fibrosos;
  • Passas;
  • Pepino.

Recomendações para tratamentos odontológicos 

No ramo odontológico há diversos tratamentos odontológicos que ajudam a melhorar a saúde bucal e a qualidade do sorriso, como o aparelho invisivel.

Esses procedimentos são recomendados em diferentes situações, e no caso do aparelho, para problemas como dentes separados e mordida cruzada.

Cada modelo tem materiais específicos em sua formação e precisam de cuidados específicos, sendo um dos tratamentos que mais se destaca por demandar atenção com a alimentação. 

Para o aparelho fixo, por exemplo, é importante não consumir alimentos que grudem na estrutura, como chicletes, bem como evitar produtos muito duros – que podem quebrar o instrumento e prolongar o tratamento.

Já para outros modelos, como o móvel, a atenção diz respeito ao processo de higienização e armazenamento da estrutura, visto que podem ser removidos durante a alimentação.

Para procedimentos estéticos, como o clareamento dental, que são realizados para atuar na aparência do sorriso, seguir orientações sobre quais alimentos evitar se faz ainda mais necessário, visto que os pigmentados, por exemplo, podem prejudicar o tratamento e manchar a dentição.

Por isso, durante e após o clareamento, não é incomum que os profissionais indiquem o consumo de bebidas como refrigerantes com canudos, evitando o contato direto com os dentes.

Já para quem usa lente de contato dental, por exemplo, é fundamental deixar de consumir, pelo menos por certo tempo, alimentos muito duros, que podem desgastar a lente e prejudicar o tratamento. 

Nesse sentido, torradas, pães duros, balas, carnes duras, entre outros, devem ser evitados.

Além disso, assim como no caso do clareamento, quem está passando por esse tratamento também precisa evitar alimentos com forte pigmentação, como café, sucos de uva e vinhos.

Conteúdo originalmente desenvolvido pela equipe da Networkflow, especializada em materiais para network, empreendedorismo e dicas para a saúde e qualidade de vida.

Usamos cookies para garantir que oferecemos a melhor experiência em nosso site. Se você continuar a usar este site, assumiremos que está satisfeito com ele. Aceito Consulte mais informação